Categoria:

Cartas

CartasTextos e Crônicas

De onde estiver

por Brunna Correia

Começo a escrever dizendo que sim, eu sorri. O vidro do carro abaixou e o vento entrou pela janela, inundando o ar com a brisa gélida e reconfortante da maresia, e o cheiro da praia me fazia sentir como…

Postagens atuais